Contexto social e cultural cívico na participação eleitoral
 dos adeptos de religiões afro brasileiras 2008 / 2010

            Descrição: Nas duas pesquisas de vitimização realizadas pelo Núcleo de Pesquisa das Violências no município do Rio de Janeiro (2005/2006) e nas favelas cariocas (2007), a participação em associações religiosas revelou-se importante na medida em que participar delas é o principal fator de mobilização social dos moradores da cidade. Há pouca participação em associações, formal ou informalmente, mas a pouca que há é de cunho religioso. As perguntas relacionadas à participação em associações são esclarecedoras para algumas teorias sobre a criminalidade e a violência, pois remetem às redes que constituem o capital social e, quando investidos do capital cultural no qual se baseia o que diversos autores denominam de cultura cívica desembocam em bem sucedidos sistemas de participação cívica em projetos e políticas sociais, que constituem poderosos procedimentos preventivos do crime e da violência. As baixas taxas de crimes numa vizinhança são explicadas por esta teoria como efeitos de contextos sociais em que os vizinhos não só têm valores compartilhados como agem coletivamente de forma a controlar informalmente o que acontece no local. Este controle é melhor exercido quanto maior for a confiança e mais intensa a interação entre os vizinhos. Isto se chama eficácia coletiva, que reúne a estreiteza dos laços morais e relações sociais entre vizinhos, a confiança mútua entre eles e a predisposição para agir em conjunto de modo a resolver problemas locais. Por isso mesmo, a heterogeneidade étnica, bem como a heterogeneidade religiosa baseada em fundamentalismos e na discriminação mútua são extremamente desagregadores em vizinhanças onde moram pessoas cujas características sócio-econômicas as colocam como mais vulneráveis à ação de grupos criminosos violentos, sejam eles compostos de traficantes ou de militares envolvidos em negócios ilícitos e no extermínio de opositores ou meros moradores desobedientes e desviantes. Em projetos anteriores, desenvolvemos pesquisas etnográficas sobre a

 

Situação: Concluído Natureza: Pesquisa 

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-CNPq